"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

27/04/09

Encontro Importante!


O 6ºC teve o privilégio de conhecer o escritor Augusto Carlos, uma pessoa maravilhosa que lhes transmitiu experiências de vida únicas e belas. Além de lhes dar a conhecer a sua obra, partilhou experiências pessoais muito enriquecedoras, tudo com uma capacidade, que poucas pessoas consegue ter, pois parecia uma história, que prendeu a atenção dos alunos, como se estivessem a assistir a um filme...Ainda teve paciência para responder a um sem número de questões dos alunos, tudo de forma simples, como é preciso nestas idades.
No final, houve lugar para uma sessão de autógrafos: até eu não resisti a pedir ao escritor que autografasse o livro:" Vovô tsongonhana"!
Sobretudo, o escritor passou várias mensagens aos nossos alunos, nomeadamente que "devemos todos procurar ser felizes, acreditar que podemos vencer, nunca esquecendo que para isso devemos construir o nosso caminho, sem prejudicar o caminho dos outros"...Aliás, o escritor referiu que esta busca da felicidade, auxiliando os outros, se o pudermos fazer ou, pelo menos, sem prejudicar ninguém, é a principal razão da nossa existência.
Num mundo, onde se assiste a um crescendo de violência e de poucos valores, é urgente fazer "passar mensagens" como as que Augusto Carlos nos convida a ler nos seus livros e que transmitiu hoje na nossa escola.
De salientar ainda que, ouvir falar de Moçambique e das viagens do escritor é uma verdadeira delícia. Há muito tempo que não tinha um momento assim!

1 comentário:

BC disse...

Ainda bem que foi maravilhoso, aliás acho que é sempre muito mais interessante dar as aulas assim sempre que possível são muito mais interessantes.
Beijo
Isabel

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"