"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

20/08/09

Dueto de gatos!


Esta primorosa peça do brilhante compositor italiano Gioachinno Rossini foi adaptada para a voz de crianças e intitulada "Dueto de Gatos", foi-me enviada por mail e não resisti a partilhá-la.

6 comentários:

Anabela disse...

Olá Isabel :))
Desculpa só agora chegar ao teu cantinho, mas o que importa é que chegou e vou linkar na minha agenda, assim não nos perdemos mais :)
Minha linda, isto do peso é uma luta constante, sem dúvida.
As dietas e comprimidos milagrosos não são eficazes na durabilidade e por isso é fugir daí...perde-se o peso, mas não conseguimos manter o ritmo de restrição durante mais que uns 6 meses.
O que resulta mesmo é RA a reeducação alimentar.
Procurar ajuda especializada é uma forma de nos orientarmos no mundo alimentar, mas de nada nos serve isso se não metermos na cabeça que a mudança tem que ser feita e ela começa em nós. Na nossa cabeça, na nossa vontade!
Na realidade todos temos essa luz dentro de nós, a luz da mudança, da força...só que durante o caminho perdemos o rumo e atolhámo-nos na comida que muitas vezes serviu para nos compensarmos de alguma coisa, ou para esconder carências...depende de cada pessoa.
No entanto, existe uma fome emocional que não dá para abstrair e temos que tentar perceber o porquê da sua existência.
Entender o corpo mas sobretudo entender o que nos leva a comer de forma compulsiva .
E mentalizarmo-nos que por nós, vale a pena mudar!
É uma vida melhor, com mais saúde, e tu tens uma família linda para te incentivar ainda mais!
Procura em ti essa força e nunca desistas de ti, dos teus sonhos, de nada na tua vida.
Não desististe da tua família, não desistas de ti também
LUTAAA!
Força minha querida, vou estar de olho em ti e juntas venceremos.
Mil beijos de carinho e vamos lá mudar, é possivel!

Xinha disse...

Isabel
Sabia que ias gostar...é uma delícia...
Beijinhos da Xinha

Alegria disse...

Oi amiga.

gfarias2@hotmail.com

beijos pra você e suas filhotas.

AFRICA EM POESIA disse...

LINDO
Mas quem gosta de Freinet
Sabe o que é Amar uma criança...


E eu cheguei...
Caminhei pelas pedras do caminho e deixei...Poesia...

Um beijo



Milho


Milho
Milho rei...
Que enche a planície
Verde...
Toda verde...
Porque tu...
Milho...
Milho Rei...
Amarelo e...
Vermelho...
Cobres-te...
De folhas...
Folhas que te agasalham...
E te protegem...
E aí ... vais crescendo
E só adulto...
É que vais deixar
Que as tuas folhas verdes...
Fiquem amarelas...
E deixas que...
Te dispam
Para te poderem ter...




Lili Laranjo

Storinha disse...

Olá amiga! Quero agradecer a tua visita e as tuas palavras no meu cantinho... realmente as coisas não têm sido fáceis, sinto-me muito sózinha e muito triste. Pode ser que com a chegada do novo ano lectivo, o trabalho não me deixe pensar tanto nisto e fique melhor... de qualquer maneira obrigada mesmo.
beijinho
Paula

Ricardo Calmon disse...

Mui lindo Isabel,Xinha com os Deuses estva,quando sensibilidade desceu e email de Dios esse te enviou,só não me vi ali,snif,preconceito dos velhos gatos,Xinha linda essa possui!

Bzu mãos suas,pessoa amiga caríssima nossa!
Viva Vida!

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"