"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

21/09/09

6ºJ: Um caminho longo a percorrer!







Ainda não tinha publicado nada do 6ºJ, porque esta turma é "uma aventura diferente" e, na verdade, ainda estou à procura do caminho.
A turma tem alguns alunos interessados, outros mais difíceis de motivar...ainda não têm grandes perspectivas de futuro, apesar de serem mais velhos, que a maioria dos meus alunos.
Hoje fizeram teste diagnóstico, comum a todas as turmas e pouco fizeram. Alguns nem tentaram sequer! Por mais que insistisse, ouvia como respostas: "Não sei!"; " Não gosto de Português!"; "Já tenho fome!"...Alguns, poucos, a custo, foram fazendo qualquer coisa, mas realmente muito pouco, pois as dificuldades são muitas...e a vontade também é pouca, por enquanto.
Tirei-lhes o teste da frente e acabámos de colorir os poemas da aula anterior. É que para alguns, já estava bem como tinham feito, mas insisti que a cor dava outro ar e que para os pôr no Blog teriam de se esforçar mais.
Um deles já espreitou o Blog e estava desanimado porque só viu os trabalhos do 6ºK.
Resolvi fazer-lhes a vontade e cá ficam alguns trabalhinhos...nas fichas descobri que um quer ser padeiro, outro bombeiro, outro futebolista, outro piloto e ainda uma actriz ou cantora...mas os textos resumiram-se a praticamente uma frase e os outros...nada. Um deles escreveu apenas que "Ainda não tem nada na cabeça!" Espero conseguir "meter-lhes algo lá dentro!"
Vou ainda transcrever mais alguns dos poemas que não digitalizei porque a ilustração estava pouco definida e a letra muito difícil de ler:
João Mourato:
Estou de regresso
Sou como o Pinóquio
Cobra feia
Ovo da galinha
Lua boa
Amo o meu gato!
Nelson Santos:
Estou de novo cá
Sou muito bom
Companheiro
Olá miúda
Loja de gomas
Ai que bom o Sol!
Amilton Semedo:
Pronto para mais um ano lectivo
Regressar é bom
Ouvir os professores é bom
Férias são sempre boas
Espero aprender
Sou um aluno simpático
Sou sim senhor
Ouvir os colegas, porque sim...
Regresso por ti...
Luís Miguel:
Estou de regresso
Sei muito, se estudo a matéria...
Como o lanche no intervalo
Oi Bruna, tudo fixe?
Lanchar é bom!
Ainda estou com fome!

5 comentários:

Xinha disse...

Estou a ver que vai ser mesmo lonnnnnnnnngo mas pensa nas outras turmas e nos outros alunos...que tu mereces e nestes que te merecem a ti.
Beijinhosssssss

Alegria Joie Joy disse...

Boa tarde, Isabel.
13.51 minutos

Hoje me machucaram, e como não sei o que será do Alegria Joie Joy, resolvi deixar este recado aqui junto a ti. Você tem meu e-mail e caso precise de uma amiga é só escrever.

Tão bom atravessar o mar, ou passear pelo meu país por entre sinais de tecnologia e encontrar pessoas que amam viver, escrever, ler, adoram arte e caridosamente dividem essa riqueza com todos que entram pela porta de seu espaço cultural.

Nada pior que se achar tão inteligente e culto ao ponto de perder a mais simples forma de divertir, ou seja, o bom humor. Existem pessoas que não se mostram ou mentem sobre si, porem qual mal pode fazer-me, se em contraponto sou sincera. Riquezas materiais, não as tenho, contudo tenho tesouros, minha família, meus amigos. Realmente acho que uma boa comida e uma bebida e boas companhias são momentos que se guarda por toda uma vida. A vida é feita de bons e maus momentos cabe a nós saber discernir o que cada um desses tempos ou contra tempos nos quis mostrar e ensinar.

Viver o simples é muito mais difícil do que possa se imaginar...

Beijos em ti e nas fadinhas (e na sua turma nova).

Renata

Anónimo disse...

bl'z o meu n apareçen ne stora bl'z

sotar add o meu mail

pedreiro_96@hotmail.com

Anónimo disse...

o anonimo so eu stora NELSON

Isabel Preto disse...

Olá Nelson:
Não leste tudo, pois não? Eu transcrevi o teu texto:
Estou de regresso
Sou muito bom
Companheiro
Olá miúda
Loja de gomas
Ai que bom o sol!
Vai lá ver, tem o teu nome e tudo, meu anjo.
Beijinhos

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"