"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

19/10/09

Ler...mesmo quando o tempo é escasso!

Comecei a ler mais um dos livros de Torey Hayden e não consegui parar até acabar!
Da mesma autora, li "A menina que nunca chorava" e "A criança que não queria falar".
Das três vezes, fiquei completamente fascinada e chocada com a violência, que muitos humanos (se é que se podem chamar assim!) são capazes!
A Prisão do Silêncio retrata o drama de um jovem, que foi sujeito a todo o género de maus tratos...até assistir à morte de sua irmã, que ele adorava, enquanto crianças. Esta irmã foi violentamente espancada até à morte pelo padrasto!
Quando a técnica de educação especial Torey Hayden aceitou ocupar-se do jovem Kevin de 15 anos, encontrou um miúdo a quem o mundo exterior causava pânico e que vivia fechado num mutismo voluntário.
No entanto aquela era apenas a parte visível de um abismo de sofrimento, que se vai desvendando a pouco e pouco.
Torey tem um talento especial, pois consegue ajudar estas crianças a conseguir viver, apesar do abismo da infância.

6 comentários:

mariana emídio disse...

Livro magnífico, que retrata a vida de muitas crianças e jovens.
Beijinho terno, Isabel
Mariana

AFRICA EM POESIA disse...

Isabel
Magia tambem pode ser a tua vinda ao meu espaço.

Deixo um beijinho



CHEGOU O PINTOR


Vinha vestido de preto...
Com boné preto e lindo...
Vestia uma bata branca...
Para cobrir o fato...
E não deixar a tinta passar...

O pintor pega na paleta...
Coloca um emaranhado de tintas...
Tintas de todas as cores...
Verdes, amarelas...
Roxos, azuis e encarnado...

Pegou no pincel...
E com arte...
Com saber...
Com magia...
Entrelaçou as cores...
Entrelaçou o seu saber...
Entrelaçou afectos...

E no fim eu olhei...
E nun canto...
Num canto muito especial...
Eu vi...
Umas pintinhas...
Volto a olhar...
E nessas cores...
Nessas pintinhas...
Eu vi que era... "eu"...

LILI LARANJO

Storinha disse...

Eu ando a precisar de comprar um livro novo... sinto saudades de me sentar um pouco no sofá apenas a ler e acho que vou ver esta tua sugestão... pareceu-me interessante (se bem que já me estou a ver a chorar...)
Sabes, desde que começaram as aulas e ainda não começou a chuva(começou hoje...), tenho ido sempre a pé para a escola e deixei de ir ao cafe comer o bolinho da praxe. Não perdi peso nenhum, mas as calças já estão um pouco mais soltas. Tenho que me combater senão qualquer dia estou redonda :)
Beijinhos
Paula

Isabel Preto disse...

Obrigada, pela visita, Paula.
Eu cada vez fico com mais vontade de comer!
Assim, quem acaba redonda sou eu:))))
Beijinhos

Xekim disse...

Olá Isabel.

Tem um pratinho de favas no meu blog.
Ou não gosta?

Beijinhos, Isabel.

Xinha disse...

Olá Isabelinha
Eu também me "perco" com as histórias da Torey Hayden...
Beijinhos da Xinha

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"