"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

27/01/10

Um sonho muito estranho!

Eu estava no Centro Comercial a olhar-me ao espelho e de repente sou engolido!
De repente, fui parar a um mundo mágico muito estranho! Se as crianças sorriam, é porque estavam tristes e quando choravam, era porque estavam contentes e a cidade Amora, chamava-se Aroma, os carros andavam ao contrário, os computadores eram televisões, as televisões eram computadores!
Eu falei com uma pessoa e a conversa foi assim:
-Como te chamas?
-Oãoj. E ut?
-André. Como estás?
-Meb e ut?
-Também!
Depois fui ver o resto da cidade, descobrindo como era, mas achei tudo um bocado estranho!
Mas sabem a melhor? Subitamente, reparei que era um sonho!
André, 6ºE

4 comentários:

costa disse...

o texto esta fixe

Isabel Preto disse...

Ainda bem que gostaste, Rafa! Mil beijinhos.

Josiane disse...

Gostei da história, foi muito criativa e com muita imaginação.Parabéns!

Vivien disse...

Eu adorei este texto é muito engraçado e giro.Parabéns!
Tiveste muita imaginação, sobretudo ao começar as palavras do fim para o princípio.

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"