"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

26/05/10

Das histórias nascem histórias!



Numa savana vivia uma manada de elefantes: grandes e pequenos, gordos e magros, velhos e novos...muito diferentes uns dos outros e todos da mesma cor!
Elmer era um dos elefantes daquela manada e já estava farto de ser igual aos outros na cor...Pensava para si mesmo:
-Mas porque temos de ter esta cor cinzenta? Logo esta cor, que é tão triste! Amanhã, vou mudar... Vão ver a surpresa que os aguarda!
No dia seguinte, Elmer levantou-se muito mais cedo, que os outros e foi fazer umas coisas lá para o meio da savana...Apanhou todo o tipo de frutas, que encontrou e colocou-as no final de uma descida.
Logo de seguida, subiu calmamente até ao topo da encosta e deixou-se rebolar, encosta abaixo, até cair em cima das frutas! Correu a mirar-se nas águas do rio e...nem queria acreditar! Estava tão diferente, cheio de cores do sumo das frutas! Quanto mais olhava para o seu retrato refectido na água, mais feliz ficava! Ele tinha todas as cores que existem! Cores que ele já vira e até outras cores que nunca vira na sua vida!
Quando chegou à manada, ninguém o reconheceu e quiseram mandá-lo embora, mas Elmer gritou:
-Não! Não! Sou o Elmer!
Os seus amigos e familiares soltaram uma grande gargalhada e todos foram imitar o pequeno Elmer!
Desde então, a savana nunca mais foi a mesma: agora tinha elefantes coloridos!

Anilton, 6ºK, ilustrações de João Joaquim e Melissa

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"