"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

16/06/10

Um dia de Contrastes!


Desse grupinho, também vou sentir a falta. Por sermos poucos e, principalmente, por ver que queriam mesmo aprender, guardo no coração bons momentos...como a surpresa de ontem.
Uma vez, tive reunião e não pude estar com eles. A Ineida disse:"Logo a única aula que gosto, é que não vou ter!" Isso tocou-me muito, porque se fosse com outros alunos ficariam contentes, por não ter aula e a Ineida estava a ser sincera e nunca faltou.
Ontem, foi um dia de contrastes: senti o bom, mas também senti a amargura de estar 170 aulas com alunos, para quem me pareceu não ter qualquer significado, pelo menos para a maioria.
No 6ºK mostrei o filme:"Desaparecido em Combate", que eles gostaram, mas tocou e saíram da sala como noutro dia qualquer. Antes de terminar a aula, mesmo com o filme a passar fui dizendo que esperava ter, pelo menos, passado a mensagem que o futuro dependia deles e desejava que fossem felizes, que se portassem bem...Sinceramente, nem sei se me ouviram. O Anilton nem foi à aula, para se despedir...O jogo de Portugal está muito acima de mim, da Escola.
No 6ºJ, a frieza foi ainda maior...Apenas a Ana continuou a encantar-me, terminou a Flor com as quadras dedicadas aos Santos Populares, para entregar no CRE, flor da turma, mas onde só ela pôs as mãos. Há muitas aulas, que nada de jeito se fazia nesta turma de Percursos...apenas a Ana continuava a trabalhar e...no final da aula, foi a única que, no seu jeito tímido, me ofereceu aqueles poemas ilustrados, que esteve a ilustrar nas últimas aulas! Por isso, a Ana vai ser recompensada, por ter trabalhado sempre, por ser a única a quem a Escola diz algo.
Mal terminou a minha aula, vim para o corredor, ansiosa que a colega de Inglês viesse substituir-me! Nem me preocupei em esperar por ela na sala. A colega estava atrasada, mas eu só pensava: "Finalmente, acabei! Não tenho de os aguentar nem mais um minuto!"
Só não desci as escadas, porque não queria que algo grave se passasse, enquanto a colega não chegasse. Lá dentro, mal saí começou a reinar o caos. Todos de pé, falavam aos berros...diziam que se iam baldar a Inglês...Uma colega da Direcção passou e olhou para mim, perguntando:" Passa-se alguma coisa?"
Apenas respondi que não e que a minha aula já terminara, que aguardava apenas a chegada da colega.
Ao fim de alguns minutos, que me pareceram uma eternidade, passou a dona Edite, a quem disse que ia embora, porque já estavam na hora de Inglês...Fui informada que a colega devia ter-se distraído com o jogo de Portugal, que estavam a ver na sala de professores...e foi chamá-la, para alívio meu, pois não quis sair de perto da porta e deixar as "feras" sozinhas na sala...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"