"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

07/11/10

Onde páram as vogais?

Certo dia, um dia normalíssimo igual a todos os outros, pensava eu, aconteceu uma coisa estranhíssima. Algo estava errado, só não sabia se era comigo ou com toda a gente.
As letras estavam a desaparecer!!! Estaria eu a precisar de óculos? O recado que a minha mãe me deixara no frigorífico dizia o seguinte:
"flh st hmbrgrs n frgrfc pr lmç".
- Que coisa tão estranha, será isto algum jogo de pistas ou a minha mãe enlouqueceu ?
Ignorei o recado e fui tomar o pequeno-almoço. Dentro do frigorífico havia: grt de mrng, de bnn e de cc, se não fossem as imagens dos frutos não saberia qual escolher. Estava tão baralhado que resolvi sair para a rua, precisava de falar com alguém e perceber o que estava a acontecer. Na rua as pessoas estavam revoltadas e diziam :
- Já nos tiraram os abonos, não nos podem tirar as vogais!!!
Outros diziam :
-Como é que nos vamos entender?!!! As letras são muito importantes para podermos comunicar!!!
Fiquei intrigado com a situação e fui investigar.
Este assunto teria que ser tratado pessoalmente pois por escrito, ninguém iria entender uma palavra que fosse. Pensei que alguém pudesse estar associado às letras. Fui ter com a Ministra da Educação, mas esta estava desesperada à procura das vogais. Resolvi então ir ter com a Ministra da Cultura e qual não foi o meu espanto ao encontrar o A e o I à porta do Ministério.
Perguntei-lhes o que faziam ali e porque é que tinham desaparecido ? As vogais responderam :
- Estamos de greve!!!
- De greve?- perguntei eu - Porquê?
- Nós, o abecedário, reunimos e decidimos fazer greve,porque estamos contra o acordo ortográfico!
Foi então que eu lhes disse :
-Vocês até podem ter razão, mas assim estão a prejudicar muita gente que precisa de vocês, o Mundo está "virado de pernas para o ar". Ninguém se entende pois a leitura e a escrita é uma das formas mais importantes da comunicação.
- Mas não temos outra forma de nos fazermos ouvir - disseram elas.
De repente tive uma ideia.
Talvez se fossemos nós, os humanos, a protestar por elas,elas voltassem. Expus a minha ideia e elas concordaram.
Organizei uma manifestação onde toda a gente e desta vez as vogais também estiveram presentes.
Os cartazes diziam :
"Não queremos o acordo!!!!!!!!!!

Gonçalo Cavaco, 6ºG


Há alunos fantásticos, que nos surpreendem, não há? Basta ler, este texto! Parabéns, mais uma vez, meu querido Gonçalo.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"