"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

21/01/11

"As pupilas do Senhor Reitor" 3

Francisca era muito ciumenta e ainda amava Daniel, por isso faria qualquer coisa para se livrar de Margarida e recuperar o amor de Daniel. Estava furiosa e uma mulher ciumenta e despeitada é capaz de tudo!
Eu ainda me pergunto se não seria ela disfarçada de Pedro, naquela noite sombria em que Daniel se viu ameaçado com uma espingarda!
Mas vamos continuar a história...Margarida estava constipada e tomava medicamentos...sorrateiramente, Francisca entra no seu quarto e envenena a água com que Margarida, mais tarde, tomou os medicamentos.
Pedro contou a Clara o sucedido, pois Margarida quase falecera, sendo salva a custo por seu marido, Daniel.
Por esta altura, Margarida e Daniel já tinham dois filhos, Ricardo e Sandra.
Um dia, os filhos perguntaram a Margarida, já quase restabelecida, se podiam ir brincar para a rua e esta concordou.
Eis que passa Francisca, que fica abismada por Margarida ter sobrevivido!
-Com o marido médico, safou-se! Mas para a próxima, não escapa!
Aguardou pela festa da desfolhada e, quando Margarida gritou: "Milho Rei! Milho Rei!", Francisca aproximou-se com uma navalha na mão e, em vez do tradicional abraço, espetou uma facada em Margarida e...desapareceu no meio da multidão que acorrera ao ouvir gritos!
Margarida teve de ir para o hospital do Porto, pois o seu estado era grave demais, para ser tratada por Daniel.
-A polícia está a investigar tudo, passo a passo!- afirmou Daniel, sossegando sua esposa.
Ricardo e Sandra estavam juntos na sala de espera, com os tios Pedro e Clara, brincando com seus primos: Joel e Rui.
Passado algum tempo, Joel e Rui foram à polícia e bateram à porta: Truz, Truz! E uma voz grossa, como o som de uma tuba respondeu:
-Entre!
Os rapazes contaram tudo o que sabiam, pois tinham presenciado tudo escondidos! Entregaram Francisca, a filha do escriturário da aldeia, que foi presa.
Finalmente, Daniel e Margarida puderam viver em paz.
Quanto ao destino de Ricardo, Sandra, Joel e Rui...continua o mistério!
Miguel, 5ºA

4 comentários:

O Baú do Xekim disse...

Olá.

Um lindo e saudável fim de semana.

Abraços.

Maria da Luz Borges disse...

isto é que é gente pequena a ler e a escrever como gente grande. Muito bem meninos e pfofessora!
Bom fim de semana
Luz

Isabel Preto disse...

Bom fim de semana, Xekim.
Beijinhos.

Isabel Preto disse...

Pois é, Luz...até eu estou admirada com esta nova experiência! Pensava, ao olhar para os títulos propostos, que se tratava de livros só para mais crescidos, mas alguns estão a mostrar uma escrita muito madura e que encaixa no estilo de Júlio Dinis.
Beijinhos grandes e obrigada pela tua presença constante no blog, sinto-te sempre próxima e isso ajuda.

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"