"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

31/01/11

A lebre e o cágado III

Era a tarde perfeita, para a lebre desafiar o cágado para a tal corrida, que nós conhecemos.
O cágado concorda e preparam-se para a corrida.
O cágado está nervoso, pois sempre teve medo de correr contra a lebre.
Passada meia hora, começa a grande corrida. Dali a nada, a lebre já vai a meio da corrida, mas o cágado ainda mal passara a linha de partida!
A lebre pára e descansa, pois pensa: "já ganhei!"
O cágado passa à frente dela, que nem repara e...ganha a corrida!
A lebre fica triste, por ter perdido!

Rita Nunes, 5ºA

3 comentários:

Maria da Luz Borges disse...

Rita
Gostei muito da tua história!
Luz

francisco rega 5a disse...

gosto muito e esta exlente para a menina da truma parabens

Anónimo disse...

gostei muito do texto

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"