"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

07/02/11

" A Menina do Mar"

Era uma vez um menino que vivia numa casa branca e o seu maior passatempo era ir brincar na praia.
Uma vez viu uma coisa extraordinária, belíssima e até bastante engraçada! Viu uma menina a dançar com os seus três amigos: o peixe, o polvo e o caranguejo. A partir desse dia criou-se uma grande amizade.
O menino começou por lhe trazer uns objectos, para lhe explicar os sabores da terra: uma rosa, fósforos e vinho. O rapazinho da casa branca também lhe ensinou o que era a saudade.
Um dia a Menina do Mar, era assim que chamavam à menina, quis ir com o menino conhecer a terra.
Mas os grandes búzios contaram tudo à Raia e ela teve de se separar do menino.
Ele ficou triste. Mas um dia recebeu uma mensagem e um golfinho levou-o para junto dela, com a ajuda de uma poção, que permitiu ao rapazinho poder viver na água como um peixe.
A Raia foi castigada pelo rei do mar, Neptuno, e todos viveram felizes.
Rita Nunes, 5ºA

3 comentários:

Sonhos De Deus disse...

Paz,que benção é um alimento pr alma,muito bomVocê deve escolher ser feliz e tornar isso possível, com pensamentos positivos, não perdendo nunca o entusiasmo pela vida e pelo amor, mas principalmente, tendo a certeza de que Deus sempre abençoa quem ama e quem faz da vida um prazer.
Um dia maravilhoso com muita Paz para você

Maria da Luz Borges disse...

Bom trabalho Rita!
Dentro de pouco tempo também nós vamos começar a trabalhar a menina do mar. Depois contamos como foi!
Luz e estrelinhas

Isabel Preto disse...

Que bom! A "Menina do Mar" é de facto uma história para todas as idades.
Beijos grandes.

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"