"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

16/02/11

O Pé de Feijão!


No campo viviam João e a mãe. Não tinham dinheiro, mas viviam felizes a tratar do campo e dos animais deles. Porém, a mãe ficara doente e, por isso, disse a João para vender o boi deles, para comprar os medicamentos...

A caminho do mercado, João tinha à frente o velho interessado no boi e em troca, João teve o feijão do velho. João não teve em conta os medicamentos!

Chegando a casa, a mãe, ao ver o feijão em vez de dinheiro, ficara zangada! Então,pôs o feijão lá fora, atirando-o bem alto no ar.

Ao acordar João depara-se com o feijoeiro gigante do velho! Impressionante! Crescera tanto!

Portanto, João vestira-se rapidamente e fora lá fora.

Decidido a desvendar o mistério, João sobe até meio e vê a fada mais linda de sempre!

Esta oferece-lhe o saco dela.

- Obrigado. - afirmara João, extasiado com a beleza e bondade da fada, ainda sem compreender...

João decide ir até ao fim. Lá em cima estava o gigante a ordenar à galinha preta:

-Põe os ovos de oiro, já!

João, aproveitando a distração do gigante, pôs a galinha no saco. Foi lá para baixo. O gigante foi tirar a galinha ao João, mas ele já tinha cortado o feijão.

Desde então, não passaram mais fome na vida e foram felizes: o João com a mãe.


Rúben, 6ºG

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"