"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

08/02/11

O vento sem horário!

A que horas passa o vento?
Das 9:00, até às 10:00
Que parvoíce!
Na escola eu estou, nesse momento.
xxxxxxxxxx
Agora, perante o vento
Vou dizer-te...neste momento
Após esta hora, não vais ter horário,
Vais estar sempre em movimento!
xxxxxxxxxxx

Estou contra ti
Vou estar muito cansado!
Olha para ti,
Estás aí parado!
xxxxxxxxxxxxxxxxx

Ao contrário de mim
Não tens horários a cumprir
De vez em quando penso coisas sobre ti
Uma delas é que só te sabes divertir!
xxxxxxxxxxxxxxxx

Isso é mentira!
Agora tenho de ir...
Já não quero falar contigo, tenho deveres para cumprir
Ou sem a PSP posso ficar!

xxxxxxxxxxxx

Agora vai mal-educado
Desde que te vi, estou mal-humorado
Entre as árvores, já ali,
Vou fazer o meu trabalho...sem ti!

xxxxxxxxxxxx

Para não te esqueceres de mim
Em tua casa vou deixar
Um jarro com jasmim
Para a tua casa decorar!

xxxxxxxxxxxxx

Sob o móvel da entrada
Uma rosa vou deixar
Para a tua linda mãe
Para ela se animar!
xxxxxxxxxxxxxx

Muito obrigado, senhor vento
Em todo o sítio que passar
Incluindo este momento
O vou sempre abraçar!

xxxxxxxxxxxx

Sem problemas, sem dilemas
Agora o vou deixar
Amanhã nos veremos,
Por aí vou andar.

xxxxxxxxxx

Em vez de me abraçar
Começa a saudar-me,
Adeus até amanhã...
Com alegria te vou deixar!

Gonçalo Cavaco, 6ºG

1 comentário:

Maria da Luz Borges disse...

Muito bem Gonçalo e muitos oarabéns. Hoje já aprendi umas coisinhas contigo!
Luz

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"