"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

24/02/11

Uma imensidão de palavras!

Escrever sobre o mar tem vários sabores, para uns doce, para outros amargo...
Para mim, o mar tem sabor a férias, lembra-me mergulhos no Verão, frescura nos pés, quando me deito na areia, esquecida do tempo!
O mar, azul e calmo, convida à tranquilidade, ao sossego, fazendo-me sonhar e imaginar.
Deitada na areia, contemplando o mar, faço mil viagens, sem sair do lugar.
Para os pescadores, o mar tem sabor a pão e, outras vezes, a solidão e dor.
O mar é uma imensidão de palavras: saudades de quem parte, alegria dos que regressam; barcos; peixes e gaivotas, ondas calmas ou revoltas… O mar é um enorme ponto de interrogação, pois é um mundo a descobrir.
O mar é um mundo a navegar!

1 comentário:

Uma PROFESSORA apaixonada.... disse...

Que lindo!
O mar para mim tem tantos significados, mas o mar me remete a figura materna... pois lembro-me de quantas vezes fomos à praia, ficamos ali recebendo a energia das águas salgadas e proseando sobre nada e sobre o tudo....

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"