"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

13/03/11



"...E os olhos verde-esmeralda do gato luziam a rir, luzia na mão da rainha o pentinho de arco-íris. Luziam. E os meninos dormiam. Sorrir a dormir.
E quem quiser mais saber, vá atrás da rainha e do gato a correr..."
E sabem quem correu atrás da fabulosa rainha e do extraordinário gato?
Eu!...Sim, eu fui a correr, a correr, pois queria ver bem de perto este gato esperto! E queria conhecer a rainha divina, que a meu ver concedia desejos aos meninos, sem ninguém saber, pois o que ela fazia, ninguém o via, mas todos gostavam da sua mania!
E não esqueçamos o gato, o extraordinário gato que, apesar de ter sido abalroado, ficou encantado com a beleza da rainha, que possuía na sua bainha, uma varinha mágica, sem dúvida, pois era assim que concedia aos meninos e meninas desejos sonhadores e criadores de extrema felicidade. E foi assim que o gato, de seu nome Barnabé, ficou como ajudante da sua rainha. E como sei o que aconteceu?
Sei, porque corri, corri e estava lá quando se deu.
Mariana, 6ºG

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"