"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

02/05/11

Poema de vida

Os teus olhos, mãe,
Têm sonho, ternura e azul,
Têm a luz do sol nascente,
Têm asas de pássaros rumo ao sul.

A tua boca, mãe,
Tem palavras com sabor a romã,
Tem gotas de chuva miudinha,
Tem o orvalho fresco da manhã.

Os teus braços, mãe,
Têm o doce embalo da aragem,
Têm o voo das andorinhas,
Têm amor, abrigo e coragem!

O teu ventre, mãe,
Tem a fertilidade da terra,
Tem raízes, folhas e flores,
Tem a vida, que a vida encerra!

2 comentários:

Anónimo disse...

Ser mãe e das coisas mais que há no mundo.

E aprender todos o dias.

E reviver todos os dias.
E ser feliz todos os momentos.
Sofia Fouto

Isabel Preto disse...

É verdade, Sofia. Ser Mãe...é o melhor do mundo. Eu tenho essa sorte, pois sou mãe de duas princesinhas e um pouco mãe dos meus alunos todos:)))
Adorei falar consigo hoje. Obrigada por se ter tornado uma pessoa tão querida...Obrigada, por tudo.
Beijos.

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"