"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

21/05/11

Um pesadelo...

Num dia muito especial, o dia do meu aniversário, estava sozinho com o meu periquito, acreditem ou não!
Estava triste, por ser o dia do meu aniversário e ter por companhia, apenas um periquito!
O meu periquito estava muito enérgico e eu não sabia porquê, ele até sabia, ou penso que sabia, que eu vivia sozinho com ele, porque não tinha família.
Ele só piava e parecia querer levar-me para algum lugar e fui atrás dele. Andámos, andámos, andámos...até que parecia que o periquito estava perdido, pois eu também não tive o cuidado de ver o caminho, por onde íamos, mas fiz isso, porque estava ansioso. Continuei a andar mais e chegámos a um sítio, onde havia um cartaz a dizer:"Parabéns, Fábio."
Esse sítio era espectacular, tinha um campo de futebol, onde só eu jogava, porque os outros convidados eram animais. Fiquei a tarde toda naquele sítio maravilhoso e, quando chegou a altura de ir para casa, não sabíamos o caminho. Então, fizemos "um, dó, li, tá..."
-Um dó li tá, cara de amendoá, um segredo colorido, quem está livre, livre está...e calhou numa direcção, onde tudo estava muito escuro!
Eu e o meu periquito fomos por lá, andámos muito, começámos a ouvir uns sons estranhos, que me pareciam cobras a rastejar. Eu disse que tinhamos de correr, mas apareceu uma cobra gigante, que nos agarrou com força e exclamou:
-O que fazem aqui?
-Procuramos a nossa casa...
-Aqui não é! Só temos duas opções, ou como-vos ou mando-vos daqui para a vossa casa...
E atirou-nos com tanta força, que aterrámos com força no telhado de casa, que por sorte não partiu.

1 comentário:

Anónimo disse...

Bom dia.
Já li. Esta um pouco triste, mas devi ser o que sentia.
Mas vou falar com ele.
Depois falamos.

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"