"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

25/09/11

Memórias de um cão vadio!

Eu já fui um cão vadio e fazia de tudo para sobreviver! Não era fácil: tinha de comer restos de comida, procurar nas lixeiras e, às vezes, nem sequer comia...Passava noites inteiras cheio de fome!
Nas noites mais frias, ouvia os cães uivar e, na verdade, eu sentia medo e escondia-me.
Os cães mais fortes e maiores perseguiam-me e eu fugia assustado...Mas, apesar de tudo, quando olhava para o céu, via a minha estrela, que me acompanhava para todo o lado...Só que, de manhã, a estrelinha desaparecia e eu voltava a sentir-me sozinho, sem saber para onde ela ia.
A coisa mais linda que eu já vi na vida, é o pôr do sol. É magnífico!
Hoje...sou feliz, encontrei uma família que me trata bem.
Mariana, 6ºA

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"