"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

11/10/11

O outono bate à porta...II

Folhas secas, já cansadas,
descem da copa das plantas.
Tecem tapetes de fadas,
modelam compridas mantas.

Essas folhas já sem vida
vão enfeitando a paisagem,
deixando na despedida
só caminhos de romagem.

Gritam hinos à memória
de um verão abrasador.
Morreram para dar glória
à vida que há de dar flor.

E quando Março chegar,
trazendo a força da vida,
de novo se há de cantar
à primavera florida.

Recolha de João Mateus, 6ºD...texto de Nuno Catarino.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"