"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

03/11/11

Adivinhem quem eu sou...

Em jeito de adivinha...a Beatriz Calado mostra o seu talento:
Adivinham quem eu sou?
Sou uma estação do ano.
Não sou fria, não sou quente.
primavera não sou certamente!

Acertaste!
Muito bem.
Sou o outono
Estação feliz e livre como ninguém!

Às vezes sinto-me sozinho,
Outras vezes feliz estou, mas outras não!
É por isso que, às vezes, faço bom tempo
E outras vezes não, pois então!

Ponho folhas num virote,
São elas a minha companhia
Quando não as estou a chatear,
Estou a espalhar a minha magia!

Sou uma estação intermédia.
Não faz frio, não faz calor.
Sou boa estação,
De amizade, carinho e amor.

Hummm! Castanhas assadas!
Pelo São Martinho.
São tão deliciosas
Quando feitas com carinho!

Adeus meus amigos
Convosco gostei de falar!
Mas agora,
A magia do outono...tenho de ir espalhar!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"