"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

07/11/11

Um burro especial...

A história que eu vos vou contar, passou-se no continente africano, num outono ventoso.
Nasredin era um rapazinho árabe, vestido como todos os árabes. Era baixo e ladino.
Certo dia o seu pai disse-lhe:
-Filho, vou montar-me no burro e tu vais a pé a segurar a cauda do nosso burro.
O filho não podia dizer nada, pois não podia desobedecer aos pais.
-Está bem, meu pai. Assim, farei.
Quando chegaram à cidade, ambos foram gozados!
No dia seguinte, foi o filho montado e o pai a pé, mas novamente um grupo de lavadeiras os criticou! O pai de Nasredin ficou envergonhado e triste. A família estava pobre e nada do que faziam, parecia dar certo.
Nasredin teve uma ideia:
-Já sei! As ovelhas!
-O quê?!
-Sim, tosquiamos as ovelhas e da lã das ovelhas, a mãe faz camisolas para vender.
-Boa, meu herói!-orgulhou-se o pai.
A mãe também concordou e prontificou-se logo a fazer camisolas.
Após alguns dias de muito trabalho, as camisolas ficaram prontas. O pai foi buscar uma gaiola com galinhas e acrescentou:
-Se vendermos as camisolas e as galinhas, tudo se há de arranjar.
-Será?-questionou-se Nasredin.
-Mas, é claro que sim! Pensa positivo!-afirmou o pai, com convicção.
Chegados à feira, muitos se acercaram para ver as mercadorias e...o negócio correu bem. Com o dinheiro ganho, pagaram as dívidas e fizeram uma grande festa.

Sara, 6ºA

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"