"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

01/11/11

Um quadro de outono, muito especial...



O outono também combina com a poesia e ainda no decorrer desta semana, a escola vestirá outras roupagens, em tons de outono...e de poemas. Já recebi alguns trabalhos e amanhã vou ajudar o 6ºD a "vestir uma árvore" muito especial, com a poesia dos meus alunos.
Prometo mostrar tudo. Por hoje, deixo-vos com um quadro apetitoso de uma excelente aluna, a Raquel do 5ºA, que tem vindo a brilhar em todas as disciplinas. Eu fiquei encantada com esta moldura, que apetece guardar na minha sala, para que mais pessoas a apreciem.
"O outono bate à porta
Tanta coisa aí virá
Coisas boas e coisas más
Não sei o que será!
Das árvores caem
As belas folhas de verão
Quando o vento aparece
Elas arrastam-se pelo chão!
O cheirinho das castanhas
Muito bem perfuma o ar
Venha frio ou venha chuva
É o outono a chegar!
Para a disciplina de Português
Este quadro vou entregar
Nele fiz este poema
Com o outono a chegar..."
PS: O acento do à, no trabalho da Raquel, está ao contrário. Não quis colocar corretor, para não estragar o excelente trabalho. Queiram ignorar o acento.

4 comentários:

Maria da Luz Borges disse...

Está muito bonito... O poema e o quadro!
Parabéns à Raquel e à isabel... E ficamos muito curiosa para saber como é que vai ficar a àrvore da poesia!
Um bom resto de semana
Luz

Sandra Varela disse...

Está um espanto, Isabel!!
Tens alunos muito prendados...por certo influência da professora!!

Bjos Grandes!!

Anónimo disse...

O trabalho está lindo, estou sem palavras.
Muitos parabens!!!

Rita Nunes

Isabel Preto disse...

Obrigada, às três! A Raquel vai ficar feliz, com tantos elogios. Ela é muito querida.

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"