"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

06/01/12

Quem me dera ser...

Quem me dera ser um cão
Porque é um animal de diversão
Todos os dias ia fazer ão,ão
E quem me mordesse, ia ter uma dentada na mão!

O meu ponto forte seria o pêlo fofinho
E não seria mauzinho.
Um dalmata, eu seria
E uma dona chata, não teria!

Todos os dias me dariam carinho
E comportar-me-ia bem
Sempre que me deixassem sozinho!

Bremer, 5ºA

1 comentário:

Karen Souza disse...

está tão giro o poema do meu irmão, não é professora? ele tem muito jeito :D estou com saudades, beijinhos :)

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"