"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

28/05/12

Era uma vez...Não! Eram sete vezes!

Não!...Espera aí! Esta história não começa assim! Não era uma vez...era uma, duas, três, quatro...sete vezes. Eram...sete meninos! Os meninos arco-íris...sempre juntinhos, na verdade, eram irmãos.
Havia o menino Vermelho, de tanto se zangar com os irmãos mais novos.
Depois era o laranja: o mais alegre, que estava sempre bem-disposto.
Em terceiro vinha o Amarelo, que dava luz e energia. Todos gostavam muito dele.
O Lilás, por sua vez, saiu uma menina vaidosa, mas muito simpática.
O Verde era um pouco triste, mas ainda tinha esperança de vir a sorrir.
O Anil era muito atrevido e a Azul era o bebé, passava o tempo quase todo a dormir!
Estes irmãos estavam sempre às "turras", mas, apesar disso eram muito unidos.
E claro...o pai sol e a mãe chuva eram uns pais babados, muito orgulhosos!

Ana Horta, 6ºA

4 comentários:

Era uma vez... disse...

Amei..obrigada por compartilhar!!Parabéns! Fique na paz!!

Isabel Preto disse...

Obrigada, pela visita e pelo elogio. Sabe sempre muito bem, receber estes miminhos.
Beijinhos.

Anónimo disse...

Gostei do texto.
É preciso fazer a notícia do menino que pôs uma aranha no cabelo da colega da ficha do discurso direto e indireto?
è que eu não sei se é para fazer ou não e é logo para amanhã!

De Rita do sexto ano turma a

Isabel Preto disse...

Olá, Rita! Ao corrigir a ficha, achei graça à sugestão, mas falei por brincadeira. Em todo o caso, se tiveres tempo e inspiração, faz. Era giro, ler uma notícia dessas amanhã:)))
Beijocas grandes.

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"