"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

10/10/12

Romeu e Julieta-versão personificada...!

  Era uma vez, uma caixa de lápis onde vivia uma família de lápis de cor.
  Um dia, quando a filha mais nova da família, Julieta, ia passear no parque dos lápis (o seu sítio preferido da gaveta), conheceu um lápis azul que se chamava Romeu. Romeu era um pouco diferente dela, tinha um bico triângular, mas era lindo. A Julieta disse-lhe:
 -Olá. És novo por cá? É que eu nunca te tinha visto aqui.
 -Sim. Compraram a minha caixa de lápis ontem-respondeu o Romeu- Que sítio lindo!
 -É o meu lugar favorito da gaveta. Venho para cá todas as tardes.-disse a Julieta.
   Os dois lápis ficaram a conversar até à noitinha, e depois cada um foi para a sua caixa.
   Quando Julieta chegou à sua caixa, disse aos seus pais que tinha conhecido Romeu. Os seus pais não aprovaram essa amizade, pois achavam que a família de Romeu (uma marca cara de lápis) era muito orgulhosa e achavam-se mais importantes do que os outros.
   Na caixa de Romeu as coisas também não correram bem. Os pais dele, achavam que a família de Julieta era de uma classe inferior, e por isso também não aprovaram a sua amizade. Mas a opinião dos pais, não os impediu de se encontrarem, pois, arranjavam sempre desculpas para se poderem ver.
   Um dia, Romeu teve uma ideia para juntar as duas famílias. Decidiu fazer um desenho com Julieta para mostrar que marcas diferentes de lápis podem juntar-se fazer pinturas lindas. Cada um combinou com as suas famílias encontrarem-se no parque dos lápis à mesma hora, para lhes mostrar o desenho. 
  Quando os seus pais chegaram e viram aquela pintura linda, ficaram sem palavras.
  A partir desse dia aprovaram a sua amizade, e as duas famílias ficaram amigas.

                                              
                                                                             Inês Capelinha, 5º D

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"