"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

08/02/13

Histórias de...burros!

Contaram-me uma vez...
De um burro bem charmoso,
Era rico, solteiro, alto e vaidoso!
Com as mulheres, era uma beleza
Especialmente, com a dona "Odeza"!

Ao passar lá no bairro
Todos o aplaudiam
Com os seus bonecos de barro,
Todos se riam!

Mas ele queria ter uma amante
Uma mulher deslumbrante
Com cabelo comprido
E um ar desprevenido!

Foi então que um encontro arranjou
E tudo mudou...
Um beijo selou
E a sua vida, continuou.


                   Tatiana C, 5ºD

Numa terra longínqua, vivia um burro castanho acinzentado, que teve uma missão: salvar um cavalo na floresta mágica.
O cavalo foi visto pelo rei crocodilo e o rei prendera-o. O chefe dos burros disse:
- Tens de encontrar um coelho castanho, que te vai dar o poder da velocidade, um urso castanho, que te vai dar o poder da força e um camaleão, sempre a mudar de cor, para te poderes camuflar.
Depois de uma longa viagem na floresta, encontrou os três animais e eles deram-lhes os tais poderes e as coordenadas para o castelo do crocodilo.
Chegou ao castelo e viu o rei, foi a correr com toda a velocidade e empurrou-o para o chão e ficou invisível, ou seja, camuflou-se. Chegou à prisão e viu o cavalo castanho e, num ápice, soltou-o. Regressaram ao reino deles e nunca mais houve prisioneiros na floresta mágica.

Tiago C, 5ºD

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"