"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

23/12/13

PEDIDOS AO PAI NATAL!






"Estava o Professor Velho, o que está na biblioteca e fala com os livros, a arrumar alguns materiais já ao fim da tarde quando entrou a professora Joana. 
O Velho reparou que a Joana vinha com ar de quem não estava muito bem. 
Então Joana, algum problema? 
Ora Velho, coisas do Natal. 
Coisas do Natal?! Como assim, então não é um tempo bom? 
Não Velho, decididamente o Natal é um tempo mau para muita gente. É um tempo de muito fingimento. 
Estás mesmo zangada, que aconteceu?
 Não Velho, não estou zangada, estou triste. Lembrei-me de trabalhar com os miúdos a escrita dos presentes que iriam pedir ao Pai Natal e todos escreveram empenhadamente a lista dos seus desejos. Então correu bem, porque ficaste triste? 
Olha a folha que o Manel me deu.O Professor Velho pegou na folha que a Professora Joana lhe mostrava e viu com uma letra bem desenhada e sem erros, “Eu quero que o Pai Natal dê um trabalho ao meu pai, um riso para a minha mãe que está sempre aborrecida e uma PlayStation para mim e para o meu irmão que nunca tivemos uma”.
Pois, Joana …vamos beber um chá que nos aqueça."


Autoria: Doutor José Morgado, in Atenta Inquietude

1 comentário:

mariana emídio disse...

Olá, Isabel!
Passei para de desejar um Santo e feliz Natal e um Excelente 2014.
Beijinho grande, para ti e para tuas filhas,

Mariana Emídio

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"