"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

22/02/14

A desarrumação no laboratório!

-Não é que o antídoto explodiu com a mesa principal? E agora o que vamos fazer? 
-Oh João! -gritou ele-vem cá ajudar-me, que isto está mau. 
-Que é, Manuel? -perguntou o João. 
-Não vês como isto está? Também não vês nada! -refilou o Manuel. 
-Oh, claro que vejo, mas queres que faça o quê? -voltou o João a perguntar. -
-Quero que me ajudes! -diz o Manuel, começando a ficar zangado. ~
-Vamos lá então!- diz o João. 
O João e o Manuel juntaram-se os dois e fizeram as limpezas ao laboratório. Enquanto estavam a limpar encontraram um rato. 
-Manuel, Manuel. -gritou o João. 
-Que foi, agora? -perguntou o Manuel. 
-Olha um rato! -diz o João.
 -Que bonito! -diz o Manuel. 
-Vamos ficar com ele- diz o João decidido.
 E assim fizeram, um novo amigo, que se chamava ratinho fofinho. E o melhor de tudo é que esse amigo falava. O João e o Manuel ficaram muito admirados e contentes.

Fabiana, 6ºD

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"