"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

15/01/15

A mãe loba

Era uma vez um lenhador muito pobre. Como não tinha comida para dar aos filhos, resolveu abandoná-los no monte.
Nesse monte encontrava-se uma matilha de lobos, que assim que viram os meninos resolveram tomar conta deles.
Passados alguns anos, apareceu um tigre que lhes disse:
-Essa loba, que vocês seguem, não é vossa mãe. A vossa mãe é aquela que está a lavar no rio.
Os meninos responderam-lhe:
-Não chamamos mãe àquela que nos deu a vida, mas sim a esta loba que cuidou de nós e nos amamentou. A nossa mãe verdadeira abandonou-nos neste monte, sabendo que íamos viver mais seguros entre os lobos, que nos defendem de tudo e de todos, até de ti.

" É o amor que cria laços, não o nascimento".
A partir de duas histórias, criei uma.

Diogo Guimarães, 7ºB 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"