"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

07/01/15

Misturando histórias!

Era uma vez uma princesa chamada Josefina, que era muito querida.
Josefina era alérgica a maçãs, mas sempre as achou encantadoras.
Um dia teve de ir à floresta apanhar cogumelos para a sopa, mas perdeu-se no meio das árvores. A princesa vagueava de um lado para o outro à procura de uma saída, até que encontrou uma casinha de chocolate! Curiosa, bateu à porta, para ver se lá havia habitantes, mas como ninguém lhe respondeu, decidiu entrar.
Lá na casinha, havia sete pratos de papas de aveia, sete cadeiras de tamanhos diferentes e sete camas.
Resolveu comer um bocado grande de cada prato e, ao sentar-se numa das cadeiras, partiu-a. Na impossibilidade de a conseguir arranjar, foi dormir numa das camas, não sem antes experimentar todas, pois achava que umas tinham o colchão demasiado duro, outras demasiado mole, mas achou a última cama, perfeita!
Foi acordada por sete porquinhos, a olharem para ela espantados. Josefina gritou e os porquinhos fizeram o mesmo!
- Quem são vocês?
- Somos os sete porquinhos.
- E o que é que estão aqui a fazer?
- Nós é que devíamos perguntar isso! Esta é a nossa casa!
- Eu perdi-me na floresta!- desculpou-se Josefina.
- Nós vamos ajudar-te! - exclamaram em coro.
Desde esse dia, os porquinhos tentaram encontrar a casa de Josefina e dizem que foi uma bruxa, que nesta história é bondosa, quem os ajudou.
No final, houve uma triste despedida e Josefina voltou feliz para a sua casa.

Renata, 7ºC

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"