"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

18/10/15

O Espelho Falante




A partir de um jogo de cartas: "A Arca dos Contos"





Era uma vez uma princesa que estava amaldiçoada por uma bruxa maléfica. Num castelo, a princesa dormia e só despertaria se um animal a descobrisse e ficasse encantado por ela.
Passado algum tempo, um touro encontrou o castelo, onde a princesa estava a dormir e sentiu-se maravilhado com a beleza da princesa, apaixonando-se por ela.
Ficou lá dias e dias, à espera que a sua amada acordasse, até que começou a perder a esperança. De súbito, viu uma luz no topo da montanha e sentiu-se tentado a ir procurar a tal luz.
Andou, andou, andou, até que ouviu uma voz muito fininha. Devagar, aproximou-se e viu que era um espelho! Admirado, exclamou:
- Um espelho a falar!
- Sim, é o que eu estou a fazer- admitiu o espelho!
- Eu já tinha ouvido falar do espelho falante, aquele que concretiza um desejo. Mas não acreditei!
- Pois agora, podes comprovar. Qual é o teu desejo?
- Salvar a minha amada, a princesa adormecida.
- Posso fazê-lo, mas como só tens um desejo…
- Não me importa, só me interessa a minha amada- interrompeu o touro.
- Tens uma alma muito generosa. A tua amada será salva.
A princesa, então, acordou, mas o touro tinha desaparecido! O espelho cumprira a sua missão.

Beatriz, Margarida, Daniel, Filipe e João, 5ºJ

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"