"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

10/03/16

Viagem dentro do Livro


Estava no meu quarto a ler um livro de fantasia sobre a Alice no País das Maravilhas. Pensei como seria se eu fosse a Alice. Continuei a ler, entusiasmada. De repente, no livro, a Alice comeu uma fatia de bolo e ficou muito pequena! Ao virar a página vi uma pequena porta de papel, que abria e fechava. Abri-a e reparei numa pequena fatia de bolo que parecia querer convidar-me a provar. Para meu espanto, agarrei na fatia e reparei que era uma fatia verdadeira. Tive curiosidade e comi-a.
Ao comê-la, comecei a encolher e a entrar no livro! Fechei os olhos e, quando os abri, estava numa sala, cuja porta estava aberta. Ao olhar lá para fora, pareceu-me ver um jardim. Claro que corri logo para fora da sala para ver o jardim, não fosse eu tão curiosa!
Por detrás da porta, estava mesmo um maravilhoso e lindo jardim, com flores perfumadas, de diferentes formas e feitios. Era magnífico!
Comecei a explorar aquele mundo encantado e encontrei um gato muito simpático, que me ajudou a explorar aquele labirinto. Cruzei-me com um chapeleiro, que me fez um lindo chapéu e, como estava muito cansada, o chapeleiro levou-me até à casa dele e disse-me que podia descansar.
Mal me deitei na cama, adormeci logo. 
De manhã, estava no meu quarto com o livro junto de mim.
Confesso que não sei ao certo o que se passou. Talvez tenha sido um sonho, talvez o livro me tenha feito viajar, ou, quem sabe, entrei mesmo no livro por magia.


Mariana, 5ºI

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"