"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

28/11/16

Era uma vez...

      

Naragudo é um ser que só podemos encontrar no cimo das montanhas mais frias do paraíso.
            A sua função é proteger o Planeta Terra da poluição, pois, quando avista fumo, vai a correr até ao local e aspira-o com as suas narinas.
             É um ser muito engraçado, com o seu cabelo ruivo e encaracolado, tem uma boca minúscula, um nariz e uns braços gigantes, não tem pernas, tem apenas pés!
             É redondinho como uma lua cheia e tem dois olhos sempre muito arregalados!
            Gosta de jogar aos jogos dos cheiros, pois tem o olfato é muito apurado e diverte-se a descobrir vários aromas de olhos fechados. Foi daí que surgiu o seu nome: Nariz Agudo!
            É muito simpático, mas “se lhe salta a tampa”, já não parece, assim, tão simpático!
            É muito dorminhoco, mas fica sempre alerta com os maus odores!
            Também gosta muito de comer e outras coisas mais.
            O Naragudo quase não tem amigos, pois está sempre muito ocupado nas suas funções.   No entanto, tem um amigo especial, um unicórnio preto e branco, pois é dos anos oitenta!
            Tenham cuidado a fazer fumo ou ao estar perto do fumo, pois, quando o Naragudo for aspirá-lo, pode aspirar-te também.

                                                                                      Mariana Faustino, 6ºH

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"