"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

02/11/16

O jardim da avó Relíquia



Há muito, muito tempo, num planeta distante, nasceu uma menina muito linda, a quem deram o nome de Bela.
Bela perdeu os pais muito cedo e ficou a viver com a sua avó Relíquia.
Com o passar do tempo, Bela ficou, cada vez mais, bonita. Tinha agora uns longos cabelos loiros, uns olhos azuis da cor do oceano, vestia-se sempre de cor-de-rosa e, claro, não podia faltar a meiinha branca até ao joelho, com um lacinho também cor-de-rosa a rematar. Parecia uma boneca!
A avó tinha de tomar conta da sua casa amarela e do seu enorme jardim, sempre bem tratado, onde se podiam ver orquídeas, margaridas, rosas e até papoilas. Aí também podíamos observar uma vasta coleção de gnomos, havendo um especial, pelo qual a avó sentia uma especial admiração. Era o gnomo Jacinto.
Bela não gostava nada dele, dizia que a avó gostava mais dele do que dela, sentia-se enciumada.
Decidiu começar a investigar, pois achava estranha aquela coleção estranha de Gnomos!
No seu quarto, tinha um camelo mágico que falava pelos cotovelos! Chamava-lhe António. Este, por vezes, parecia não dizer coisa com coisa, falava de chaves mágicas, que abriam o cofre da cidade e, às vezes, de Gnomos malvados…
Bela investigou durante uma semana e chegou à conclusão que a avó tinha alguma coisa a esconder. Foi ter com ela e confrontou-a com as suas suspeitas, a avó contou-lhe, então, um grande segredo…Ela era uma agente secreta! A sua última missão era descobrir o que os gnomos malvados estavam a tramar!
Bela quis logo ajudar a sua avó e contou-lhe que tinha um camelo mágico, que, por sinal, era um génio. Acrescentou que António, o camelo, falara de chaves mágicas e de gnomos malvados…
Com a ajuda do génio, descobriram que o Gnomo Jacinto era o chefe do grupo dos malvados e tinha as tais chaves! O objetivo deles era destruir o mundo! Bela e a avó Relíquia conseguiram detê-lo e pôr fim àquele plano diabólico.
O país das Flores acabou com a maldição dos Gnomos.
Ah, falta dizer que, afinal, a avó Relíquia sempre desconfiara do gnomo Jacinto!

Mariana, 6ºI

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"