"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

07/12/16

Ulisses


     Ulisses era o rei de Ítaca, era casado com Penélope e tinham um filho chamado Telémaco.
      Ulisses era valente, mas pacífico. 
    Certo dia Páris raptou a rainha Helena da Grécia. Foi então que Ulisses, embora contrariado, teve de partir para Tróia. A guerra durou dez anos.
    Farto da guerra e com saudades do seu reino, lembrou-se de construir um gigantesco cavalo de pau, onde ele e alguns marinheiros se esconderam.
    O plano correu bem e resgataram a rainha Helena e iniciaram viagem de regresso a Ítaca.
    Devido a uma forte tempestade, o barco de Ulisses foi parar à Ciclópia, onde viveu uma grande aventura por causa de Polifemo, um gigante com um só olho no meio da testa e devorador de homens! Depois de várias peripécias, Ulisses e os marinheiros deixam o Ciclope cego e escapam atados em ovelhas.
    Foram parar à Eólia, onde o rei dos ventos lhes dá um saco cheio de ventos violentos e os avisa para não abrir o saco, mas os marinheiros curiosos abrem-no e dá-se outra violenta tempestade. Ficaram à deriva e foram parar à Ilha de Circe, onde a feiticeira os transforma em porcos! Circe apaixonou-se por Ulisses, mas, como não era correspondida, libertou Ulisses e os marinheiros, devolvendo-lhes a forma humana.
Passaram pela Ilha dos Infernos, onde Ulisses fica a saber o que se passa no seu reino, pela boca do Profeta Tirésias.


    Ulisses ainda foi enfeitiçado pelo canto das sereias que imitaram a voz de Penélope, mas lá conseguiu aguentar, devido a um estratagema dos amigos.
    Antes de regressar ao seu reino, ainda sofreu um naufrágio, mas é ajudado pelo rei Alcino, acabando por regressar à sua terra são e salvo. Aí, Minerva, Deusa protetora dos marinheiros, transforma-o em mendigo para ninguém o reconhecer.
Falou com o seu filho Telémaco e os dois lutam lado a lado, expulsando os pretendentes à mão de Penélope. Esta só reconhece Ulisses, quando vê a forma como ele luta por ela.
    A história tem um final feliz, pois Ulisses vence os pretendentes e fica com sua mulher e filho.

João Martins, 6ºH

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"