"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

30/01/17

A Amizade

   Numa terra distante, repleta de magia, vivia um lindo e majestoso unicórnio chamado Pop Corn. Ele tinha olhos cintilantes como as estrelas e uma crina colorida como o arco-íris. A sua melhor amiga era uma linda e simpática papoila, que vivia num jardim perto do seu estábulo.
   Um dia, enquanto Pop Corn e a Papoila estavam a conversar sobre qual era o melhor sítio para se viver, um jardim ou um estábulo, a Papoila desatou a chorar e Pop Corn preocupado perguntou:
   - O que se passa contigo? Porque estás a chorar?
   - Estou a chorar porque me sinto sozinha aqui no jardim -disse a Papoila, limpando as lágrimas que tinha nos olhos, com as suas folhas delicadas.
   - No jardim? Pensava que adoravas viver aqui - disse Pop Corn confuso.
   - E adoro, mas sinto-me sozinha!-esclareceu a Papoila.
   Depois desta conversa, Pop Corn ficou a pensar numa maneira de ajudar a amiga, até que se lembrou que, antes de morar no jardim, a Papoila tinha vivido num prado, perto das montanhas de gelado e que as suas amigas tinham ficado tristes, quando ela se tinha ido embora e, por isso, decidiu ir falar com elas, para saber se queriam mudar-se para o jardim.
   Quando chegou ao prado perguntou:
   - Alguém aqui conhece a Papoila?
   - Nós! Nós!- Gritaram seis pequeninas flores.
   - Olá, sou o Pop Corn.
   - Nós somos amigas dela, o que se passa?
   - Queria pedir-vos um favor. Podem vir morar com a Papoila, no jardim?
   - Sim!- responderam as seis flores entusiasmadas.
   Quando os sete chegaram ao jardim, a Papoila ficou surpreendida ao ver as suas amigas e agradeceu a Pop Corn. Os oito viveram felizes para sempre.

Inês, 6ºH

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"