"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

01/02/17

Das letras nascem desenhos...

Da letra G fiz um nariz,
Narigudo e sorridente...
O seu sorriso era muito fofinho,
Tinha dois dentinhos de leite,
E grandes olhos azuis.
Estava sempre feliz,
Ui! Quando está apaixonado, fica muito corado!

Da letra I nasceu um fósforo...
Sempre que é acendido e raspado,
Na sua própria casa
O pobre, coitado, morre,
Depois de um círculo em chamas,
Fazer nascer!


O relógio a dar
O som a tocar
E os ponteiros a rodar
Mas o tempo não consegue parar!

No verão sabe bem apreciar,
O sabor dos gelados saborosos.
Que nos refrescam do calor,
E nos fazem sonhar com o Amor!


Beber um sumo refrescante,
Também sabe bem a toda a gente.
Em casa ou na rua,
Faz-nos sempre contentes!

Do V fiz uma camisola,
Confortável no inverno
De lã muito quentinha,
Ando sempre agasalhadinha!

Que fazer com o envelope?
Já sei!
Vem aí o São Valentim...
E histórias de Amor sem fim!

E da letra A nasce uma casinha,
A casinha dos meus sonhos,
É alegre e pequenina...
Sempre muito arranjadinha!

Giovanna, 6ºI

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"