"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

26/04/17

Gosto de imaginar...

Gosto de imaginar
palavras e histórias
sem parar:
Um homem que amava cantar e dançar,
uma baleia que corria
com um cavalo bem marado.
Uma menina
que papel comia,
uma orca
bem, bem pequenina,
uma égua
que apenas acreditava
na realidade
uma abelha voava
para entender o que fazer,
uma foca que só pensava
o que há de comer ou fazer
para dar ao seu par,
com esta história sem fim,
um pinguim
que não tinha frio!
Para conseguir descansar
dois limões
que queriam conversar
mas boca não tinham!
E para o rio atravessar
tiveram que nadar
um queria ir pela esquerda,
outro pela direita
mas como não tinham boca para falar
não conseguiram explicar um ao outro
para que lado nadar!
É assim que eu gosto de imaginar:
uma árvore musical
que tocava todo o dia
para os animais animar.
Tinha pássaros
esquilos, ratos,
raposas e peixes...
todos os animais de que te possas lembrar!
Um pirata entrou numa gruta obscura
e lá dentro estava um dragão a ressonar,
com um peluche que estava a segurar...
era um urso bem fofinho
e atrás tinha um peixinho que nadava
mas o problema é que era míope
então não via nada bem!
Ia sempre contra o vidro
e, por isso, um dia caiu!
Na gruta apareceu um tesouro
e o pirata rico e feliz ficou!


Sílvia, 6ºJ

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"