"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

29/09/16

Escrita à volta de uma imagem

Era uma vez um pássaro que decidiu dar a volta ao mundo. Pegou nas coisas que precisava e meteu-as dentro da sua sacola e lá foi ele. 
O nome do passarinho é Pocoyo. Todos os dias, parava em sítios diferentes, mas nunca tirava a sacola do pescoço, pois tinha medo que lhe roubassem os seus segredos.
Voltou para casa, trazendo um casaco com um crachá de todos os países por que tinha passado.


Adriana, 6ºH

26/09/16

Sofia e as novas tecnologias: Parte I

Numa manhã de sábado, o sol brilhava, mas havia uma brisa suave.
Na casa dos Albuquerque, já se ouvia o canário a cantar, a Sofia e a Marta deram um pulo da cama, cheias de alegria, era sábado e elas queriam divertir-se, pois a semana de aulas tinha sido muito intensa!
Os pais decidiram levar as suas filhas a passear naquela tarde tão agradável de primavera.
Aprontaram-se a fazer o farnel e o resto das coisas que queriam levar: corda para saltar, tablet, guaches e lápis de cera.
Depois do almoço, puseram-se a caminho, o pai colocou música no rádio do carro, a música preferida das meninas. Elas, todas entusiasmadas, cantarolavam e dançavam ao mesmo tempo.
Começaram a avistar o fantástico parque de beleza inigualável. Chegaram às 15:00 em ponto.
As duas irmãs, eufóricas, saíram do carro e começaram logo a dar cambalhotas naquela relva tão fofinha que quase parecia um manto de algodão!
As meninas decidiram dar uma corrida até a uma fonte, onde havia patinhos muito meigos, O pai deu o sinal de partida e elas saíram disparadas com os seus lindos cabelos a esvoaçar.
Ao chegar à fonte, quase sem fôlego, nem queriam acreditar no que viam! Os seus amigos Vanessa e Simão também aí estavam! Ela tinha um lindo vestido azul e ele usava um vistoso boné às cores. Logo decidiram brincar às escondidas.
A Sofia, que era a mais velha, impôs algumas condições, que só brincavam uma vez às escondidas, depois queria jogar no seu tablet. Como era um "crânio" nas novas tecnologias, queria mostrar algumas aplicações aos amigos.
Assim foi. Logo que se apanhou com o tablet na mão, pediu aos amigos para se aproximarem, pois iriam ficar admirados com o que lhes ia mostrar.
Fez-lhes prometer que o que se passasse ali, não era para contar a ninguém e todos concordaram.
Começou aí a verdadeira aventura! Sofia abriu a aplicação preferida e os meninos foram "engolidos" para dentro do aparelho!

Rodrigo Aguiar, 6ºH




Os miúdos são fantásticos!




Tiago C, Valério, Margarida e Sílvia, 6ºJ- Separadores para o Dossier de Turma

25/09/16

Matérias...

A professora de Matemática
Com as suas contas complicadas
Falando em equações
E teorema de Pitágoras...

A professora de Português
Com o seu modo indicativo
Falando em advérbios
Interjeições e substantivos...


Inês, 6ºI

A minha escola...

A minha Escola é um lugar
Onde eu gosto de estar
Diretora, professores e auxiliares
Cada um tem o seu lugar

A Diretora Célia a coordenar
Os professores a ensinar
Os auxiliares a limpar
E nós, alunos, a estudar
É assim a nossa Escola
Do Ministério da Educação
Com a professora  Isabel Preto aprendemos a rima
Com a professora Carla Velho aprendemos a equação


Margarida, 6ºJ

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"