"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

25/01/13

OS SUPER HERÓIS!

Olá, eu sou o Nuno. 
Até há pouco tempo julgava que eu era um super-homem,mas descobri que não tenho super poderes quando me atirei do segundo andar e parti a perna! Passei duas semanas no hospital!  Então decidi ser o homem aranha, pus o fato e saltei do segundo andar e gritei: "vai teia"! Voltei ao hospital! Então decidi que ia ser o Iron Man... pus o fato ,fui  à janela , saltei e gritei: " super turbo", mas só saiu uma luz! Se calhar estava avariado! E pronto, fui novamente parar ao hospital! 
Então sou o Tor, decidi. Fui a janela, saltei, rodei o martelo e disse:" relâmpagos"...e lá fui eu novamente parar ao hospital! 
A partir desse dia, resolvi ter juízo...brincar aos Super Heróis, só com os pés bem assentes na terra, pois voar...isso é lá para os pássaros...voar, só nas "asas da imaginação!"


Nuno, 5ºE 

20/01/13

Fábula com comando...

É um vício para as crianças
Ninguém o consegue largar
Agora adivinhem o que é
Não é difícil de acertar.

Em trabalho de pares, partindo da seguinte proposta:
1ªPersonagem: um urso polar;
2ª Personagem: Comando;
Ação: Ensinar;
Conflito: Inveja.

Foi inventada uma adivinha, sobre uma das personagens. Posteriormente, foi elaborada a seguinte fábula:


Era uma vez um urso polar, que tinha um comando novo para a televisão e não gostava de o emprestar a ninguém, especialmente ao vizinho. Até que um dia, o vizinho recebeu um computador portátil e o urso ficou com inveja.
Bateu à porta do vizinho e foi-lhe pedir emprestado o computador. O vizinho simpático esteve quase a ceder, mas lembrando-se da inveja do urso, do seu egoísmo, decidiu ensinar-lhe uma lição e não lho emprestou.
O urso ficou muito triste e arrependido, porém aprendeu e compreendeu a lição.
Dali em diante, deixou de ser invejoso e começou a partilhar as coisas.

Moralidade: O feitiço virou-se contra o feiticeiro.

" O Donicão"

Bem, há quem diga que é educado, mas com o seu odor de doninha, não sei não e depois...abana o rabo como um cão!
Imaginem lá verem um Donicão ao pé de um poste, com a perna levantada sem saberem  o que dali vem. Pode ser que esteja aflito ou então que venha largar o seu fedor horrível!
Eu não sei que é o dono, mas devia trazer uma coleira com uma placa a dizer: "Cuidado com o fedor do Donicão"...

CARTA AO PAI NATAL!!!

AMORA,04 de dezembro de 2012
Querido Pai Natal:

     -Então como tens passado?Esperamos que estejas bem.Tens tido muito trabalho?Oxalá tenhas muitos duendes a ajudar-te.
     Nós somos a turma  do 5ºD da escola PEDRO EANES LOBATO e por cá está tudo bem.
      Temo-nos portado muito bem, por isso, queríamos pedir-te muita felicidade para toda a turma e algumas prendinhas na árvore de Natal.
      Lembra-te também das outras crianças  e, já agora, se não for pedir muito, não te esqueças dos nossos professores, que têm uma vida muito cansativa...
      Não leves a mal, uma sugestão: já pensaste participar no Programa:"Toca a mexer?" Estamos cá a pensar, como é que entras pelas chaminés? Nós achamos que, talvez, tu uses pó mágico das fadas.
E as renas, como é que voam? Também usam pó mágico?
        Foi muito divertido escrever esta carta, mas agora nos despedimos, com muitos beijinhos e abraços.

                                                                                        Os meninos e meninas do 5ºD

PS: Sabes, "Pai Natal", esquecemo-nos de uma coisa muito importante, ajuda os nossos pais a resolver tantos problemas, como a falta de dinheiro e emprego.

"Gocarilo"

O Gocarilo tem cabeça de crocodilo, corpo de gorila, cauda de crocodilo e consegue nadar e trepar às árvores, visto ser metade crocodilo e metade gorila.
Vive em África e no Brasil. Tem o tamanho de um autocarro, dentes fortes como o aço; come leões, tubarões, elefantes e até anacondas! Nenhum veneno, o mata. Destrói cidades, com as patas e resiste à explosão de uma granada, tal como se fosse invisível, apesar das grandes dimensões. É o animal mais forte da terra, nem um exército o supera! O seu rugido é como dinamite, o seu veneno é ácido, destruindo tudo, até o diamante negro. Quando anda, a terra treme!

Estevão, 6ºA

Serpente canina de fogo...

A serpente canina de fogo é um animal metade serpente, metade leopardo, com dentes do tamanho de uma caneta e com fogo da cabeça até à cauda!
Este animal é um omnívoro, que ataca qualquer ser vivo que esteja à sua frente! Este animal é enorme e muito fácil de encontrar. Numa sopradela deita tanto fogo, que consegue queimar quase uma floresta ou cidade inteira. A sua cauda consegue mexer muito rápido e serve de arma protetora.
Por vezes, consegue deixar de ter fogo no corpo inteiro e consegue ir para debaixo de água, mas como é tão pesada só consegue ir ao fundo, sem nadar, onde anda como em terra. Alimenta-se de peixes que nadam no fundo do mar.

André, 6ºA

" O Papasojo"

Comprei um estojo,
que nunca se cala!
Coloquei-o dentro da mala,
mas ele fala, fala, fala...

Mas isso tem explicação:
É metade estojo,
Metade papagaio ,
Veem como tenho razão?

Durante as aulas,
 começa a voar,
Com as suas asas de papagaio
E o seu bico rijo, a brilhar.

Como está o fecho aberto,
Está sempre a cair...
O meu material escolar
Está toda a gente a rir!

Quando poisa na mesa,
Para eu finalmente poder estudar
Goza comigo,
Até eu uma pena lhe arrancar!

Quando acabam as aulas,
Farto da sua vida de estojo,
Põe-se a falar e
Os trabalhos de casa não me deixa acabar!

Gosta muito de picar
A roupa a engomar,
Mas depois arrependido
Com seus olhos esbugalhados,
Não pára de chorar!

Ai que chatice,
Está todo molhado!
O que vou fazer,
O material está todo ensopado!

Coloquei-o lá fora, 
No estendal a secar,
E para variar começou a resmungar!
Gosta tanto de me chatear!

Esqueci-me de mencionar
Que é roxo e amarelo,
Com penas coloridas..
Ai que belo!


Inês Costa, 6ºA




18/01/13

O Extraterrestre valente!

No tempo em que as galinhas tinham dentes e os porcos voavam, havia um planeta mágico onde vivia um extraterrestre chamado "Galaxi". Tinha um nariz grande e era capitão de uma nave espacial.
Um dia encontrou um cometa, que tinha dentro um mapa. Seguiu o mapa, até ao planeta do labirinto. Quando lá chegou, viu uma grande montanha com uma espada presa no topo. Esta espada era mágica, porque conseguia transformar quem a tivesse, no tamanho que quisesse.
O extraterrestre entrou o labirinto e encontrou um robot chamado "X7". Foram os dois à montanha, buscar a espada. No caminho, encontraram um gigante que disse:
- Aqui, vocês não passam!
O robot voou até à montanha e agarrou na espada e deu-a ao "Galaxi", que ficou do tamanho do Gigante, claro está!
"Galaxi" pegou imediatamente no Gigante e atirou-o para o espaço.
"Galaxi" e "X7" ficaram amigos e regressaram ao Planeta Mágico com a espada mágica.
Meu dito, meu feito, este conto saiu perfeito.

André Magni, 5ºD

10/01/13

"Dá asas à tua imaginação!"

Atividade:


Trabalho de pares: cada aluno escolhe um número com quatro dígitos, entre zero e nove. Cada dígito corresponde a uma palavra: duas personagens, uma ação e um conflito.
No presente caso, as personagens que saíram ao acaso foram: uma lâmpada e uma zebra; o conflito era a palavra "fuga" e a ação foi "ensinar".
Acresce que as fábulas pretendem transmitir lições de vida e as personagens são personificadas.
Eis o que saiu:
" Era uma vez uma zebra chamada Elga.
Elga queria muito ensinar os outros animais a instalar lâmpadas nas suas casas.
Um dia comprou uma caixa de lâmpadas e começou a ir de casa em casa ensinar essa tarefa, mas uma das lâmpadas fugiu, pois não queria passar a sua vida ligada à eletricidade.
A zebra, como corre mais rápido que a lâmpada, alcançou-a logo e disse-lhe:
- A tua função é iluminar as casas, pois és o sol que ilumina à noite. Fazes falta aos humanos. Não há mal nenhum, estar ligada à eletricidade.
A lâmpada compreendeu e voltou para casa de onde tinha fugido. A zebra ainda lhe explicou que de dia estaria desligada da eletricidade e, assim, já podia descansar."

Moralidade:  Não devemos fugir às nossas responsabilidades!

Texto realizado pelos alunos Gervágio e Keven, 5ºG, PLNM

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"