"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

21/02/17

Orgulho...

Há um ano atrás, não imaginava que este aluno viesse a escrever assim. São estes progressos que me deixam feliz.
Este mesmo aluno levou o nosso caderno de escrita para casa. Vai apresentar o texto amanhã. Chegou à sala e disse:
- Professora, veja como me esforcei para escrever com letra bonita.
E realmente...fiquei surpreendida! O texto que vai ler à turma é Mar Salgado de Fernando Pessoa.
Quem diz que não se pode falar de Pessoa e de Camões a alunos de 2º ciclo?

Nunca tive tanto orgulho numa turma, em relação ao Projeto de escrita, como tenho no 6ºI. Esse caderno, que anda de casa em casa, é tratado como um tesouro. O Bruno, ontem, também disse:
- Vê professora, coloquei-lhe uma capa, para que não se estragasse...

Se eu fosse uma borracha, seria oval, vermelha e verde, mas não seria uma borracha qualquer...seria mágica, pois conseguiria apagar tudo o que estivesse mal no mundo, conseguiria apagar o ódio, a pobreza, as professoras más, o bullying, os ladrões...Tudo isso, conseguiria apagar, mas seria amigo de todos os que me usassem, gostaria de dar super poderes às crianças, para que não sofressem nem fome, nem maus tratos, nem solidão, nem dor.
Oh, quem me dera ser essa borracha!

Tomás, 6ºI

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"