"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

26/04/12

"Detecfruit"

6:oo-(Eu a melãncia e o meu irmão melão vivemos na cozinholândia e somos detetives só para terem uma ideia.)

-Epá, melãncia estás a falar com quem a estas horas!?

-(Falo com vocês depois, parece que o meu irmão acordou mal disposto).

-Estavas a falar com quem?

-(Estava a falar para o boneco.)

-O meu irmão está cada vez mais esquisito!

(Vá despacha-te, parece que há um problema na baixa!)

- Epá, deixa lá lavar a casca primeiro!

- (Está bem!)

Já na baixa...

-Epá, já viste isto?!

- (Sim, cortaram a fruta toda!)

-Não! Estão a cobrar dez euros pela Banda Desenhada!

-(Não é isso, aquilo.)

-AH! Isso.

7:30-(A fruta está toda cortada, não sabemos quem fez isto, mas vamos descobrir.)

- Lá estás tu outra vez!

- Eu acho que quem fez isto foi... aquela velhinha!!!

-(Velhinha!!! Ele nasceu com caroços a menos, depois explico tudo.)

8:00-(Vamos continuar a andar!)

- Ei, mano parece que houve festa da laranja aqui!

8:10-(Caímos num alçapão!)

-( O que fazemos?! o que fazemos?!)

-Vamos continuar a andar, há ali um caminho.

8:12-(Está tudo calmo.)

8:13-(Continua tudo calmo.)

8:15-( Nada aconteceu.)

- BOO!!!!!!!!!!

8:16-(O meu irmão assustou-me e tenho de mudar de casca!)

Entretanto... a velhinha aparece.

- Olha nós conhecemos, aquela maçã velha!

-(Sim, foi a velha que acusaste!)

-AH sim, já me lembro...velhinha!!!

-"Tomem este mapa, eu vi o que aconteceu, foi a faca, este mapa leva-vos ao esconderijo dela!
9:00-(Estamos presos no esconderijo da faca, não sei como aconteceu e ainda preciso de mudar de casca!)

- Estou, "bófia", olha, é o melão, o detetive, venham ter à rua falsa, nº2!)

João Caeiro e Pedro Ferreira. 6ºD

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"