"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

23/04/15

E por vezes...

E por vezes a mentira é maior que a verdade
E por vezes verdades são mentiras
E por vezes não são nada
São apenas palavras no meio da escuridão E por vezes


São um sufoco que nos impedem de respirar
Mesmo quando sabemos que nos podem magoar
E por vezes é chuva que demora uma eternidade a secar
E por vezes são manchas que devastam o nosso coração

São como um trovão que penetra nas nuvens do céu
São como montanhas esquecidas no tempo
Que como o vento abalam as nossas memórias

E por vezes visíveis ou invisíveis
E por vezes recordamos certos momentos
Que por um triz não nos fizeram uma cicatriz

Carlos e Carla, 7ºD

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"