"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

07/07/09

Cativar...


...significa criar laços!
"-
Quem és tu? disse o principezinho. És bem bonita...
- Sou uma raposa, disse a raposa.
- Anda brincar comigo, propôs-lhe o principezinho. Estou tão triste...
- Não posso brincar contigo, disse a raposa. Ainda ninguém me cativou.
- Ah! perdão, disse o principezinho. Mas, depois de ter reflectido, acrescentou:
- Que significa “cativar”?
- Tu não deves ser daqui, disse a raposa. Que procuras?
- Procuro os Homens, disse o principezinho. Que significa “cativar”?
- Os Homens, disse a raposa, têm espingardas e caçam. É uma maçada! Também criam galinhas. É o único interesse que lhes acho. Andas à procura de galinhas?
- Não, disse o principezinho. Ando à procura de amigos. Que significa “cativar”?
- É uma coisa de que toda a gente se esqueceu, disse a raposa. Significa “criar laços”...
- Criar laços?
- Isso mesmo, disse a raposa. Para mim, não passas, por enquanto, de um rapazinho em tudo igual a cem mil rapazinhos. E eu não preciso de ti. Para ti, não passo de uma raposa igual a cem mil raposas. Mas, se me cativares, precisaremos um do outro. Serás para mim único no Mundo. Serei única no Mundo para ti.(...)
Mas voltou à mesma ideia:
- Levo uma vida monótona. Eu caço galinhas e os Homens caçam-me a mim. Todas as galinhas são iguais e todos os Homens são iguais. Por isso me aborreço um pouco. Mas, se tu me cativares, será como se o Sol iluminasse a minha vida. Distinguirei de todos os passos, um novo ruído de passos. Os outros passos fazem-me esconder debaixo da terra. Os teus hão-de atrair-me para fora da toca, como uma música. E depois, olha! Vês lá adiante os campos de trigo? Eu não como pão. O trigo para mim é inútil. Os campos de trigo não me dizem nada. E é triste. Mas os teus cabelos são cor de oiro. Por isso, quando me tiveres cativado, vai ser maravilhoso. Como o trigo é doirado, fará lembrar-me de ti. E hei-de amar o barulho do vento através do trigo...
A raposa calou-se e olhou por muito tempo para o principezinho.
- Cativa-me, por favor, disse ela.
- Tenho muito gosto, respondeu o principezinho, mas falta-me tempo. Preciso de descobrir amigos e conhecer outras coisas.
- Só se conhecem as coisas que se cativam, disse a raposa. Os Homens já não têm tempo para tomar conhecimento de nada. Compram coisas feitas aos mercadores. Mas como não existem mercadores de amigos, os Homens já não têm amigos. Se queres um amigo, cativa-me.
- Como é que hei-de fazer? disse o principezinho.
- Tens de ter muita paciência, respondeu a raposa. Primeiro, sentas-te um pouco afastado de mim, assim, na relva. Eu olho para ti pelo rabinho do olho e tu não dizes nada. A linguagem é uma fonte de mal-entendidos. Mas, de dia para dia, podes sentar-te cada vez mais perto...(...)
- Vou dizer-te o meu segredo. É muito simples: só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos."
in. “O Principezinho” de Antoine de Saint-Exupéry da Editorial Aster
Ao longo da nossa vida, encontramos muitas dessas pessoas, que nos cativam e que fazem a nossa vida valer a pena.
É disso que vou falar hoje...dos amigos!
Há dois tipos de pessoas: as que passam na nossa vida, espalhando dor, lágrimas e sofrimento e as que semeiam sorrisos, limpam nossas lágrimas, compartilham dos nossos sonhos e nos fazem ir em frente.
Pudessemos nós pegar numa borracha e apagar as primeiras...as que deixam cicatrizes profundas, que nunca se apagam!
Felizmente, há os amigos...esses não apagam a dor, mas deixam-na adormecida, num canto esquecido da nossa alma, pois o que faz avançar a vida, são as flores e nunca os espinhos!
Neste mundo de internet e Blogues, iniciei uma caminhada há seis meses...e nunca pensei que o Blog se tornasse noutra coisa, que não fosse agradar aos meus alunos!
Porém...foi muito mais que isso! Permitiu-me descobrir pessoas lindas, sem as quais já não passo...as tais, que pertencem ao mundo dos sonhos e das fadas...que tornam a nossa caminhada nesta vida mais suave e mais bela.
Não tenho palavras para agradecer a tantos amigos, que aqui encontrei, muito menos àqueles que me descobriram e resolveram ficar na minha vida...apenas posso dizer que estarei sempre aqui, nos bons e maus momentos...sempre de coração aberto.
Ontem tinha uma surpresa na caixa de correio! A Xinha, do Blog "Príncipes e Princesas", surpreendeu-me e fez-me pensar em tudo isto que estou a escrever!
Eu descobri o Blog dela e pensei logo que devia ser uma pessoa maravilhosa. Só alguém bom, chama príncipes e princesas aos seus pequeninos! Não me enganei! Por isso, não hesitei dar-lhe a minha morada, porque sei que é minha amiga para sempre...Só não imaginava qual seria a surpresa! Obrigada, Xinha! Não poderias ter tido um gesto melhor, para me cativar, como o nosso principezinho cativou a raposa!
Leste os meus sonhos, vieste ao encontro deles e trouxeste-me algo desejado...Nem sei como te agradecer! (...)
A Luz, de "Pequenos passos", outro dia, disse-me que também acredita nas fadas, nessas que são gente e nos aparecem na vida...não poderia estar mais certa e creio que a Xinha é uma dessas fadas, por saber ler nas entrelinhas e por realizar desejos!
Quanto à Luz...só posso dizer que não me espanta ter amigos espalhados pelos quatro cantos do mundo...pois ela é fantástica! A Luz é outra das preciosidades, que Deus me ofereceu...
Logo cedo, num comentário do Blog, percebi que também sou importante para outras pessoas. Uma amiga recente, mas que prezo muito, que está longe...mas se faz presente a todo o instante...está triste...uma amiga dela está a despedir-se da vida...Que dizer? Ela queria que lhe dissesse o que pensar!
Renata, só sei dizer que é difícil e gostaria de apagar esse momento, mas não tenho poderes mágicos...então, talvez possa dizer que estou aqui, para ouvir os teus desabafos.
Acompanha essa tua amiga, até aos momentos finais...vivam cada instante...façam desses instantes magia e sorrisos.
Coragem, minha querida.
Se quiserem conhecer a Renata, visitem o blog dela...vale a pena, pois ela é uma dessas pessoas, que nos conquista logo, pela meiguice, pela verdade.
http://renatagomesdefarias.blogspot.com/
O relato já vai longe, mas queria ainda agradecer a outros amigos, que de repente entraram na minha vida, para ficar... A Isabel Campeão, que admiro muito; a Vera que também me deu há tempos um tesouro inestimável!
Obrigada à Carla, do Blog Geografias; à Cristina de " Fascínio das Palavras", à Cris dos "Pequenos Patifes", à Efigênia Coutinho e sua Poesia...ao Domenico...Obrigada, amigos!
Sinto-me mesmo feliz e agradeço a Deus a sorte de conhecer tantas pessoas fantásticas, que jamais me deixarão só!
Obrigada também à Isabel de "Outros Sorrisos", "Aos Arrumadores de Palavras" e à Lili de "África em Poesia"...a todos os que deixam comentários...a todos os meus amigos, que me cativaram e me ajudam nesta caminhada pela vida.
Obrigada por me encherem de mimos, de sorrisos e de sonhos...por me ajudarem a adormecer lá num canto escondido a dor e a tristeza...

3 comentários:

Alegria disse...

Obrigada pelo seu apoio, seu carinho e os elogios merece todos, diga-me quem iria se tornar amiga sem ver a pessoa, sem saber quem é o outro, e assim dar carinho, tu és única, educadora, professora, pedagoga, mãe, e comum coração enorme. Muito Obrigada pela sua atenção e pelo seu carinho comigo.
Beijos.

Carla Pimentel disse...

Sabes, “O Principezinho” é das minhas obras favoritas lida vezes sem conta (o nome do meu Blogue foi inspirado numa das passagens do livro que fala da geografia ou melhor das GEOGRAFIAS). O teu texto é muito bonito como tu… deves continuar este Blogue que “canta” e encanta. (fiquei feliz por te lembrares de mim e reconheceres carinho, que é, também o que sinto por ti, apesar de estarmos tão longe mas tão perto…) Beijinhos

Xinha disse...

Olá Isabel
Fiquei meia atrapalhada com a tua mensagem...não esperava...
Eu também tive a alegria de encontrar pessoas lindas através dos nossos blogues
com quem descobri muitas cumplicidades como a Paula (Maria Rapaz), a Luz (Pequenos Passos), a Sara (Miniaturas)e tu...
Foi apenas um mimo que achei que te ia fazer sorrir e fazer sorrir os outros é tão bom...particularmente aqueles de quem gostamos...
Beijinhos da Xinha

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"