"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"

04/07/09

Hino da Escola!

Nossa escola chegou
Tão desejada
Como uma maré
Na Amora implantada

Lutamos por ela
Vários anos a fio
Demos as mãos
Em grande desafio

Cabelos ao vento
Tempo em movimento
Trazemos na mão
Alma e coração

Na crista da onda
O infinito avistamos
Nas letras e números
A pique mergulhamos

Somos Lobatos
Cantamos à nossa Escola
Somos Lobatos
Vivemos na Amora

Veio do passado
Remoto e esquecido
O patrono Lobato
Por nós escolhido

Trazia no olhar
Um punhado de nada
e com suor fez nascer
Amora desejada.

4 comentários:

disse...

Oi Isabel!
Obrigada por ires passando no meu blog. A minha bebé vai chamar-se Alice e nasce em Outubro.
Visita o blog dela em www.nossa-estrelinha.blogspot.com

BJ GR PARA TI E CONTINUAÇAO De UM BOM BLOG

Alegria disse...

oi Isabel foi dificil comentar acho que são as fadas, linda turma.
Resolvi te mandar umas palavras que escrevi quando comecei o blog e não sei por que me lembrei de ti.

Quando tudo parecer perdido, olha para o céu e lá estará a lua, se não houver lua, espera o sol nascer e te aquece nele, se estiver chovendo lava tua alma, se for noite e não houver nem lua e nem estrelas ainda assim haverá o céu, o vento para fazer-te voar, ou a brisa para embalar teus sonhos, se nada disso houver, ainda há dentro de ti a lembrança que tudo existe, e guardas na memória, então fecha teus olhos e sonha, com tudo que tens e não perdeste, a esperança, a alegria, o choro, o prazer.
autora Renata Vasconcellos Farias

wilson disse...

ola professora ta boa

Isabel Preto disse...

Olá, Wilson!
Fico muito contente, por saber que continuas a visitar o nosso blog.
Beijos grandes...tenho saudades!

Enviar um comentário

Fascinante!

Fascinante!

Bons Sonhos!

Bons Sonhos!

"Poema em P"

"Poema em P"

Criar e imaginar

Criar e imaginar

Momentos...

Momentos...

" A Menina do Mar"

" A Menina do Mar"

"A viúva e o papagaio"

"A viúva e o papagaio"

"O meu amigo, o sono"

"O meu amigo, o sono"